sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Torneio da Malha em Germil

No dia 21 de Agosto, realizou-se uma vez mais na aldeia de Germil o torneio anual  do jogo da malha que foi organizado pelo Sr. Bino (habitante de Germil emigrado em franca) e teve a participação de 22 jogadores. 


Participantes e familiares presentes no torneio 
jogo da malha é um desporto de origem portuguesa onde se lançam discos de metal em direcção a um pino que se encontra a alguns metros de distância.

Equipa final do torneio 
A malha jogava-se na França e na Itália, em tempos muito antigos e que não estão bem determinados. Fala-se do jogo da malha desde 1490, mas a prova da sua existência vem de um documento francês de 1644.
Em Portugal, esse desporto e o arremesso de ferraduras, sempre foi muito popular, com os nomes de chinquilho ou jogo do fito. Foi um jogo muito popular na região da Beira Alta, os homens depois do seu dia de trabalho, reuniam-se e praticavam este desporto. 

O jogo da malha, tanto como o de ferraduras, foi levado para o Brasil por imigrantes portugueses. Documentos apontam que já no período colonial jogava-se malha em todo o país. Há documentos que provam ser a malha um desporto praticado em São Paulo, na rua 25 de Março, desde 1890Usavam peças rudimentares como pedras, ferraduras, pedaços de chapas de ferro, variando de formato e tamanho. Os pinos não tinham o padrão certo, tudo servia. Era considerado um desporto ou divertimento de pessoas humildes.

Cada equipa é constituída por dois jogadores (parceiros). Para jogar, os parceiros colocam-se cada um em uma cabeceira do campo, de modo a ficarem lado a lado com o adversário. Os dois primeiros jogadores (adversários) a iniciarem o jogo, terão duas malhas para cada um, que lançarão alternadamente procurando derrubar o pino da outra cabeceira e ou deixar a malha o mais próximo possível e assim sucessivamente.


As malhas têm um diâmetro de cerca de 10,5 cm e um peso aproximadamente de 600 gramas e os mecos terão uma altura de cerca de 20 cm e uma base de aproximadamente 5 cm. A distância máxima entre os pinos será de 17 metros e a mínima de 13 metros.
Na frente dos pinos e à distância de um metro destes, será marcada uma linha perpendicular que delimita a zona de lançamento das malhas.

Todo e qualquer jogador que ao lançar a malha ultrapasse o risco de lançamento previamente marcado pela organização, poderá ser advertido e mesmo sancionado.
Cada partida terá cinco (5) jogos no máximo, vencendo neste caso a equipe que ganhar três (3) jogos. Dependendo do número de equipes inscritas, cada partida poderá ter apenas três (3) jogos, vencendo neste caso, a equipa que ganhar dois (2) jogos.
A classificação até á semi final será feita por eliminação direta, realizando-se sempre que se justifique, sorteio para se ver quem joga contra quem, até á obtenção de uma classificação final.
A semi final será sempre disputada por quatro equipas, podendo haver sorteio para encontrar a 4ª equipa, a qual sairá da última eliminatória.
Sempre que o pino for derrubado serão contabilizados 3 pontos para a respectiva equipa. Depois das quatro malhas jogadas, a que ficar mais próximo do pino soma 1 ponto, o jogador cuja malha ganhou os pontos é quem procederá ao primeiro lançamento das malhas e assim sucessivamente.
Registo das equipas e pontuações do torneio
Saudações desportivas 
Carlos Moreira 
Textos: Fonte: Wikipédia e Carlos Moreira 
Fotos de Carlos Moreira 







Celebração do Sagrado Coração de Jesus - Germil

Durante os dias 18 e 19 de Agosto foi celebrada a festa do Sagrado Coração de Jesus na aldeia de Germil que contou com a presença de mais de um centena de pessoas. 



Conforme a tradição todos os anos o festeiro, também chamado de imperador do Divino é a figura central nos rituais e organização da festa. O casal de festeiros é formado por devotos indicados por ex-festeiros que são submetidos ao crivo final do bispo diocesano. Além das tarefas de angariar recursos e de fazer o controle administrativo, os festeiros devem percorrer os casas fazendo um trabalho de divulgação da festa.  

Limpeza da igreja e local de passagem da procissão

No primeiro dia da festa, bem cedinho, as pessoas escolhidas pelo festeiro e alguns voluntários, iniciam os trabalhos de limpeza da igreja matriz, do local de passagem da procissão e, do corte de ramos das árvores que rodeiam a igreja. 


Limpeza da igreja e local de passagem da procissão
Equipamento sonoro e sala de controlo 
Depois de tudo limpo e arrumado ao meio-dia do dia 18 de Agosto da-se o inicio das festividades com o repertório do nosso conhecido padre Moisés para a Santa Missa do Sagrado Coração de Jesus  seguida da procissão de velas.  

Igreja matriz de Germil 
Interior da Igreja matriz de Germil 

Sagrado Coração de Jesus é uma das três solenidades do Tempo Comum, dentro da Liturgia da Igreja Católica, comemorada na segunda Sexta-feira, após a solenidade de Corpus Christi. Além disso, essa devoção também é cultivada pela Igreja Católica ao longo de todas as primeiras Sextas-feiras de cada mês. Consiste na veneração do Coração de Jesus, do mais íntimo de Seu Amor. 


Interior da Igreja matriz de Germil 
A origem desta devoção deve a Santa Margarida Maria de Alacoque, uma religiosa de uma Congregação conhecida como Ordem da Visitação. A Santa Margarida Maria teve extraordinárias revelações por parte de Jesus Cristo, que a incumbiu pessoalmente de divulgar e propagar no mundo esta piedosa devoção. Foram três as aparições de Jesus: A primeira, deu-se a 27 de Dezembro de 1673, a segunda em 1674 e, a terceira, em 1675. Mais tarde, outra religiosa, a Beata Maria do Divino Coração, condessa de Droste zu Vischering, a partir de Portugal estendeu a esta devoção a todo o Mundo por meio de um acto de consagração solene pedido ao Papa Leão XIII.

Padre Moisés na celebração da missa
Jesus deixou doze grandes promessas às pessoas que, aproveitando-se da Sua Divina Misericórdia, participassem das comunhões reparadoras das primeiras sextas-feiras. Disse Ele, numa dessas ocasiões a Santa Margarida Maria: "Prometo-te, pela Minha excessiva misericórdia e pelo amor todo-poderoso do meu Coração, conceder a todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, a graça da penitência final; não morrerão em minha inimizade, nem sem receberem os sacramentos, e Meu Divino Coração lhes será seguro refúgio nessa última hora". 

Procissão de velas 
Não se sabe quem compôs a lista com as 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus, tiradas das revelações de Nosso Senhor a Santa Margarida Maria de Alacoque. Sabe-se só que são fidedignas – as promessas estão de fato contidas nas revelações – e que o trabalho anônimo foi de grande mérito e utilidade.
Procissão de velas 
M. Kemper, um modesto comerciante de Dayton, cidadezinha norte-americana, iniciou, em 1882, um trabalho de ampla divulgação delas.
Procissão de velas 
A partir desta primeiro impulso, tiveram propagação mundial. Normalmente são conhecidas como as 12 Promessas do Coração de Jesus, a mais importante das quais, é a 12ª, chamada a GRANDE PROMESSA.
Procissão de velas 

As 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus 

  1. Dar-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado de vida.
  2. Estabelecerei a paz nas suas famílias.
  3. Abençoarei os lares onde for exposta e honrada a imagem do Meu Sagrado Coração.
  4. Hei-de consolá-los em todas as dificuldades.
  5. Serei o seu refúgio durante a vida e em especial na hora da morte.
  6. Derramarei bênçãos abundantes sobre todos os seus empreendimentos.
  7. Os pecadores encontrarão no Meu Sagrado Coração uma fonte e um oceano sem fim de Misericórdia.
  8. As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas.
  9. As almas fervorosas ascenderão rapidamente a um estado de grande perfeição.
  10. Darei aos sacerdotes o poder de tocarem os corações mais empedernidos.
  11. Aqueles que propagarem esta devoção terão os seus nomes escritos no Meu Sagrado Coração e d’Ele nunca serão apagados.
  12. Prometo-vos, no excesso de Misericórdia do Meu Coração, que o Meu Amor Todo-Poderoso concederá, a todos aqueles que comungarem na Primeira Sexta-Feira de nove meses seguidos, a graça da penitência final; não morrerão no Meu desagrado nem sem receberem os Sacramentos: o Meu Divino Coração será o seu refúgio de salvação nesse derradeiro momento.
Igreja toda iluminada 
Depois dos actos religiosos a tarde foi dedicada à preparação do palco onde se efectuaram testes de som e onde os altifalantes da aldeia debitaram durante dois dias sem parar, musica popular e tradicional portuguesa.
Sr. João Pereira nos últimos preparativos de som 
Desta vez e para animar a festa tivemos a presença do rancho folclórico de Lindoso com os seus cantares e danças populares. 




Habitantes de Germil e convidados num passo de dança  
Habitantes de Germil
 
O tradicional fogo de artificio
E a festa continuou pela madrugada dentro com muita animação 

A futura geração de Germil 
No dia 19 de Agosto bem cedinho os altifalantes da igreja, acordaram os habitantes com musica de rancho para as festividades darem novamente inicio neste preenchido e divertido santo dia de Domingo. 


Depois da missa do meio-dia deu-se inicio à procissão dos altares. As procissões podem possuir um significado profundo para o fiéis e simbolizam a caminhada de oração do Povo de Deus, em comunidade, rumo à casa do Pai. Para os participantes, seguir uma procissão é seguir Jesus que também andou em procissão rumo ao calvário onde teria conquistado a salvação de toda a humanidade. 




Depois da procissão dos altares foi hora de leiloar cebolas à porta da igreja por um habitante de Germil onde aproximadamente 10 kg de cebolas renderam 25€. 

Leiloando cebolas 

Ao meio da tarde tivemos a presença da banda musical Sons do Lima que vieram para tocar cantar e animar a malta. 

Banda musical Sons do Lima 
Danças de Rua  
Doces para todos 
E assim se passou mais uma celebração do Sagrado Coração de Jesus em Germil onde a boa disposição foram o menu da festa. 

Saudações desde Germil 
Carlos Moreira 

Textos: Fonte: Wikipédia e Carlos Moreira 
Fotos de Carlos Moreira 









1º Torneio de Escalada Desportiva em Germil

No passado dia 16 e 17 de Agosto, na associação Péd´Rios, teve lugar ao 1º Torneio de Escalada Desportiva que contou o apoio da Câmara Municipal de Ponte da Barca, da Junta de Freguesia de Germil e da Campingshop. Este torneio também contou com a presença de uma dezena de participantes na maior parte residentes em Germil e Paradela. 

Montagem da parede de escalada
Montagem da parede de escalada
Montagem da parede de escalada
Neste torneio os participantes tiveram a oportunidade de aprenderem os princípios basicos da escalada e de como manejar os instrumentos utilizados na escalada desportiva.

Primeiro participante escalando e dando o inicio do torneio. 
Michael Alves (3º classificado)  em plena escalada 
Sandra Alves (1º classificado)  flexível até ao fim 
Márcio Toledo (2º classificado)  em plena resistência  
Pormenor das bandeiras e faixa dos patrocinadores 
Participantes ansiosos por saber as classificações   
Carlos com o Michael 3º classificado 
Mesa do júri 
Finalistas a serem avaliados pelo Vice-presidente e monitor  de escalada André Monteiro  
Participantes em plena escalada artificial 





Entrega de prémio e diploma para Michael Alves 3º classificado
Entrega de prémio e diploma para Márcio Toledo 2º classificado
Entrega de prémio e diploma para Sandra Alves 1º classificado

Durante os dois dias do torneio tivemos o prazer de contar com a presença dos habitantes, familiares dos participantes como da curiosidade dos turistas que passavam por Germil que não resistiram em efectuar uma paragem na nossa associação para conhecer o local e desfrutar do evento. 


Fica aqui o nosso agradecimento pelo apoio logístico da Câmara Municipal de Ponte da Barca,  Junta de Freguesia de Germil e em especial da Campingshop.  

Saudações Desportivas
Carlos Moreira